Amar-te Em Silêncio

Amanheceu o dia na saudade da tua presença,

Mais um dia para chorar o nosso Amor,

Mais um dia sem sentir o teu calor,

A grandeza do teu Ser mantém a minha chama acesa…

Escrevo para te recordar que te acalento

Com suavidade e ternas carícias.

Sente o carinho que te envio nos braços do vento…

Amar-te-ei nas entrelinhas,

Amar-te-ei em cada silêncio,

Amar-te-ei pela eternidade,

Amar-te-ei com inteireza e verdade,

Deveras Amar-te-ei…

 

Dedico este poema a todos aqueles que amam intensamente.

Segue-me nas Redes Sociais:
Posted in Poesia and tagged , , .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.