Remar Contra A Maré

Tu que me escutas e já naufragaste tantas vezes rumo à felicidade, pergunto-te, sabes quem és?
Quem sabe quem é deixa de querer e passa a Ser…
A plenitude que procuras jamais pode ser criada pela carência e vazio espiritual porque a plenitude que procuras reside num espaço de sabedoria infinita acessível e sempre à disposição de ser visitado e abraçado de corpo e Alma.
Quantas vezes procuraste tu preencher o teu vazio com os pedaços de outros, quantas vezes culpas os outros pela tua infelicidade, quantas são as noites de solidão e dor na tua Alma?

O que fizeste até agora trouxe-te a consciência de como é viver na sombra, na ilusão e na culpa de saber que não és suficientemente bom, de que os outros podem mas tu tinhas algum defeito incorrigível. O que viveste até agora é apenas uma ilusão da tua mente, da tua inconsciência.

Agora escreve uma nova história, mais fiel a quem verdadeiramente és. Nesse lugar mágico onde todas as coisas acontecem de dentro para fora. O lugar mágico é bem dentro de ti, muitas vezes te assusta pelo Poder e responsabilidade que te acrescenta, pela alegria e êxtase que em ti percorrem quando te permites aceder a essa Fonte de Amor…

Escutamos muitas histórias sobre o Mestre Jesus sem compreender a verdadeira mensagem da sua existência, da sua Luz. O Mestre Jesus vivia em comunhão com essa Fonte de Amor e veio recordar-nos que essa conexão transcende todos os preconceitos, crenças, desafios, medos, provações, emoções, pensamentos…
Nesse estado de consciência a Paz reina em ti e ninguém te pode tirar desse estado de conexão e Transcendência…

Agradeço a ti que me escutas com o coração, agradeço ao Mestre Jesus por nos recordar que o aconchego do Lar aguarda apenas pela nossa Presença…

Aguardo pelo momento mágico em que reconheces que precisas de ajuda para que juntos possamos celebrar o teu regresso ao Lar!
Conheço o caminho, é um prazer guiar-te…

Segue-me nas Redes Sociais:
Posted in Reflexões and tagged , , .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.